Feira do Livro – Dia Europeu das Línguas

Feira_17_a4_prog_branco

Goethe Institut, o Instituto Cervantes e a Aliança Francesa,  tem o prazer de convidar vocês na SEGUNDA EDIÇÃO DA FEIRA DO LIVRO, em comemoração ao Dia Europeu das Línguas.

Livros a preço de feira, atividades culturais, sarau e muita diversão nos dias 22 e 23 de setembro no ICBA.

Todo o valor arrecadado será em benefício do Espaço Cultural Comunitário Pierre Verger.

Anúncios

120 livros acadêmicos em formato digital para download gratuito

Download livros acadêmicosA Universidade Estadual Paulista (UNESP), através da Cultura Acadêmica, está disponibilizando 120 livros acadêmicos em formato digital para download gratuito.

Boa leitura: http://goo.gl/ecLJAA

Unesp lança 44 livros virtuais gratuitos

A Pró-Reitoria de Pós-Graduação (Propg) e a Editora da Unesp lançou ontem, 44 livros virtuais gratuitos, dentro do selo Cultura Acadêmica e Coleção Propg Digital, que oferece obras inéditas para download.

A meta do projeto é chegar à publicação de mil títulos até 2020. A coleção começou a ser publicada em 2010, quando foram lançadas as primeiras 44 obras. No ano passado, outros 50 títulos foram apresentados.

De fevereiro de 2011 a fevereiro deste ano, a Unesp contabilizou 84 mil downloads das obras. Dos interessados, 30% tinham mestrado ou doutorado.

Escritos por docentes, mestres e doutores ligados à Unesp, os livros são resultados de pesquisas sobre diversos temas. Entre as 44 novas obras há títulos de áreas como sociologia, política, comunicação, psicologia, geografia e literatura. Os livros podem ser acessados no site www.culturaacademica.com.br.

Fonte: O Estado de São Paulo

IPAC disponibiliza livros gratuitamente na internet

De importância fundamental para a memória e a difusão de bens culturais imateriais do estado, cinco publicações do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) sobre patrimônios intangíveis da Bahia já estão disponíveis para download gratuito nos sites da autarquia estadual, IPAC, e da Secretaria de Cultura (SecultBA), www.cultura.ba.gov.br.

Lá estão, na íntegra, os livros sobre a Festa de Santa Bárbara e o Desfile dos Afoxés, manifestações culturais que ocorrem em Salvador, o Carnaval de Maragojipe na cidade de mesmo nome, no Recôncavo baiano, a Festa da Boa Morte em Cachoeira, e o Pano da Costa que, segundo historiadores, foi o principal produto africano exportado e consumido na Bahia nos séculos 18 e 19. Ao acessar o site do IPAC, os interessados devem procurar o link downloads, que fica na barra superior da página principal do site oficial do instituto, buscar a sessão Cadernos do IPAC e escolher quais dos livros deseja. Os arquivos são obtidos em PDF (Portable Document Format) e podem ser salvos em qualquer microcomputador ou pen-drive.

As versões impressas variam de 90 a 120 páginas, cerca de 20 ilustrações e fotografias em cada exemplar que tem formato de 21 por 29,7 centímetros, fechado. “A distribuição dos livros impressos está sob coordenação do gabinete do IPAC, através do endereço eletrônico ouvidoria.ipac@ipac.ba.gov.br”, alerta Moniz. Três dos Cadernos do IPAC, o Desfile dos Afoxés, Festa da Boa Morte e Carnaval do Maragojipe, são complementados com documentários em DVD, que se encontram colados nas contracapas de cada exemplar das publicações. Os documentários foram produzidos com apoio do Instituto de Radiodifusão da Bahia – Irdeb, através da TV Educativa.
 
Para elaboração dos dossiês que permitem o registro de Patrimônios Imateriais da Bahia, o IPAC disponibiliza equipes formadas por historiadores, sociólogos, antropólogos, fotógrafos e museólogos, entre outros profissionais, que realizam coleta de documentos e fotos, entrevistas e pesquisas. Ao final, são analisados os dados e elaboradas justificativas, fazendo com que todo o material passe a integrar o dossiê. O IPAC deve realizar ainda estudos sobre o Ofício dos Vaqueiros, Ofício dos Mestres Organistas e sobre a Festa do Bembé em Santo Amaro da Purificação. Todos devem ganhar publicações exclusivas e vídeodocumentários.

Notícia do Jornal *Correio

A Reforma da Lei do Direito Autoral e o Livro e Leitura

CONVITE

O Fórum do Livro, da Leitura e da Literatura do Ceará (FLLEC), o SINDILIVROS, a Câmara Cearense do Livro, a Câmara Baiana do Livro e a Rede Nordeste do Livro e da Leitura, com apoio da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura, convidam escritores, livreiros, editores, gráficos, capistas, tradutores, ilustradores, gestores municipais e estaduais, representantes do SEBRAE e BNB, e demais interessados para videoconferência que acontecerá na próxima terça-feira, 24 de agosto, das 14h às 17h, com o tema “A  Reforma da Lei do Direito Autoral e o Livro e Leitura”.

A videoconferência contará com a participação dos seguintes representantes do Ministério da Cultura:

– Samuel Barichello, da Diretoria de Direitos Intelectuais da Secretaria de Políticas Culturais (DDI/SPC);

– Maria Helena Signorelli, da Diretoria de Livro e Leitura da Secretaria de Articulação Institucional (DLL/SAI).

Data: 24/08/2010 (terça-feira)
Horário: 14 às 17h
Local: Salas do BNB em todas as capitais do Nordeste

IMPORTANTE: em função da capacidade das salas do BNB, solicitamos que as inscrições sejam realizadas pelo e-mail augusta.minc@gmail.com, preferencialmente até o dia 23/08/2010, às 12h, informando nome, e-mail, RG e a localidade de origem.

Outras informações: (81) 3184.1300 ou 3184.1302

Contamos com a participação de todos!

Mileide Flores

Rede Nordeste do Livro e da Leitura
(85) 3491 7868 / 88029656

Imprensa, Livros e Bibliotecas – Agentes de Cultura e Cidadania

Até a chegada da Família Real ao Brasil o país não tinha acesso à imprensa, aos livros e as bibliotecas. Com a vinda de D. João VI, iniciou o movimento editorial no Brasil. Para lembrar um pouco dessa história o setor de Obras Raras da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris) realizará de 03 a 30 de novembro, das 8h30 às 18h, a exposição Imprensa, Livros e Bibliotecas – Agentes de Cultura e Cidadania.

O objetivo da mostra é destacar a importância desses agentes de conhecimento e transformação social para a construção editorial do país, celebrando também o Dia Nacional do Livro, comemorado em 29 de outubro. A data é uma homenagem à fundação da Biblioteca Nacional, que ocorreu em 1810. A exposição é composta de livros que contam a historia da imprensa baiana, nacional e internacional, com destaque para grandes nomes do jornalismo brasileiro, a exemplo de Rui Barbosa e Machado de Assis.

O público também poderá conferir o histórico dos primeiros jornais do país, como o Correio Braziliense, cujo primeiro número saiu no dia 1º de junho de 1808, a Gazeta do Rio de Janeiro, que teve o primeiro número datado de 10 de setembro de 1808 e o Idade d’Ouro do Brazil, primeiro jornal publicado em Salvador, em 14 de maio de 1811. Para a curadora da exposição, Célia Matos, a mostra enfatiza a história destes agentes culturais (Imprensa, Livros e Bibliotecas), sua importância, enquanto veículos de informação, que muito contribuíram para a afirmação da cidadania. Além de salientar seu inegável valor para o desenvolvimento da Ciência e Tecnologia e, consequentemente, da educação integral do indivíduo. “São histórias que se entrelaçam, desde suportes de argila, papiro, pergaminho, a descoberta do papel à Imprensa de Gutemberg, que chegam até nós, através da Biblioteca”, pontua.

Evento: Imprensa, Livros e Bibliotecas – Agentes de Cultura e Cidadania
Data: 3/11/2009 a 30/11/2009.
Local: Biblioteca Pública dos Barris.
Endereço: Rua General Labatut, 27 – Barris.
Horário: 8h30 às 18h.
Valor: Grátis.
Mais Informações: (71) 3117-6084.

Notícia divulgada no portal IBahia.com

%d blogueiros gostam disto: