Fortaleza sedia Seminário Internacional de Informação para Saúde

Com o objetivo de compartilhar informações e conhecimentos entre as organizações de saúde, atores e pacientes, com vistas a estabelecer o diálogo sobre os sistemas públicos de saúde, dando ênfase aos aspectos da saúde coletiva, a Universidade Federal do Ceará, em parceria com o Grupo de Pesquisa sobre Representação da Informação (GPRI) e o Grupo de Pesquisa sobre Cultura, Gestão da Informação e Sociedade, realiza o II Seminário Internacional de Informação para a Saúde.

As tecnologias digitais de Informação e de Comunicação (TDICs) provocaram mudanças em todas as áreas do conhecimento e, no campo da saúde, ela têm contribuído agilizando os processos científicos, administrativos e os fluxos de informação e de comunicação. Merece destaque, neste complexo contexto, o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) e os dispositivos de captura de imagens, que tornam o corpo “visível, em sua interioridade, transparente e aberto – “sem corte”, – possibilitando novas descobertas sobre o estado de saúde do indivíduo e, consequentemente, maior acerto nas investigações diagnósticas e no tratamento das patologias.

Além desses dois elementos, existem ainda as questões referentes à padronização da representação, arquitetura, certificação, segurança e gerenciamento eletrônico desses documentos, a fim de favorecer o fluxo de informação e de comunicação no âmbito da saúde. Tais documentos, tanto na sua forma analógica como digital, são protegidos por legislação específica, permanecendo os cuidados relativos ao tratamento informacional, segurança, guarda, ética, confiabilidade, certificação e, naturalmente, o gerenciamento informacional.

Portanto, é com o intuito de discutir essas questões que o evento propõe dar continuidade ao I SINFORGEDS com a realização de sua II edição, como parte do Projeto de Pesquisa “Proposição de um modelo de arquitetura da informação no âmbito dos prontuários eletrônicos do paciente visando racionalizar a representação, a recuperação e a gestão da informação para a saúde” – CNPq. As discussões se concentrarão nas reflexões teórico-práticas concernentes aos seguintes temas: Representação indexal, arquitetura, segurança, padronização, certificação, legislação arquivística e gestão da informação e do conhecimento registrados em prontuários eletrônicos do paciente.

Serviço

II Seminário Internacional de Informação para a Saúde
Local: Mareiro Hotel – Avenida Beira Mar, 2380, Meireles Fortaleza
Data: 21 a 23 de maio de 2012
Mais informações: (85) 3366.7600, 3366.7702/ 3366.7697 e e-mail: iisinforgeds@gmail.com

Anúncios

UFBA realiza encontro de Segurança da Informação

Nos últimos anos, a Internet vem experimentando um forte crescimento em vários aspectos, sejam eles tecnológicos, serviços oferecidos, facilidade de acesso e quantidade de usuários conectados. Ao mesmo tempo, observa-se também um aumento considerável do número de fraudes e incidentes de segurança, que põem em risco os seus usuários, especialmente aqueles menos informados, atentos e cuidadosos.

Recentemente, o foco dos ataques pela Internet tem se transferido de ataques contra computadores para aqueles direcionados aos usuários finais destas máquinas. Dessa forma, torna-se evidente a necessidade de disseminar uma cultura de segurança da informação direcionada aos usuários finais, incentivando-os a utilizar de forma segura os recursos computacionais e a própria Internet (e.g. web, e-mail, internet banking, redes sociais, etc).

Este é o objetivo do I Encontro de Segurança da Informação do CERT.Bahia (EnSI/CERT.Bahia),  no próximo dia 30, às 14h, no auditório do Instituto de Matemática da UFBA. O evento pretende apresentar em uma linguagem simples e direta cuidados essenciais para o bom uso da Internet.

No dia seguinte, no mesmo local, serão transmitidas palestras do Dia Internacional de Segurança em Informática, promovido pelo grupo de segurança da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (CAIS/RNP). O Dia Internacional de Segurança em Informática é realizado desde 2005 pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), por meio do seu Centro Atendimento a Incidentes de Segurança (CAIS).

O CERT.Bahia é um grupo de segurança da informação que apoia a comunidade baiana conectada ao Ponto de Presença da RNP na Bahia e busca difundir  boas práticas para uso e administração segura das tecnologias da informação.

Fonte: UFBA

Petição Contra o Sigilo Eterno dos Documentos

ACESSO A INFORMAÇÃO É UM DIREITO HUMANO, garantidos na DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS, ARTIGO 19 e na CONSTITUIÇÃO FEDERAL, ARTIGO 5o., INCISO XXXII.

Senhores (as) parlamentares, senhora Presidente, nós abaixo assinado somo CONTRA o sigilo eterno dos documentos públicos. Que haja um prazo máximo de 30 anos para o sigilo dos documentos públicos.

Essa é a convocação feita para que o cidadão possa demonstrar sua posição sobre o tema.

Se você é a favor da Petição, acesse o link e participe!

Petição Pública

Revista Fonte – Edições para download

No site da Revista Fonte, você tem acesso a diversos artigos voltados para a Gestão do Conhecimento, Segurança da Informação, Educação, Novas Tecnologias, Certificação Digital, Documentos e outros temas.

São 10 edições que estão disponíveis para download. Vale a pena a conferir!

http://www.prodemge.gov.br/revista-fonte

A Medicina na era da Informação – Lançamento

No dia 17 de março de 2010, às 16 horas, na Academia de Letras da Bahia, durante as atividades da Aula Inaugural do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI), será lançado o livro “A medicina na era da informação”, publicado pela Editora da Universidade Federal da Bahia (EDUFBA), e organizado pelos professores Zeny Duarte e Lúcio Farias, a partir do Colóquio Internacional A Medicina na Era da Informação (Medinfor), que ocorreu em 2008.

“A medicina na era da informação” se caracteriza como obra que marca o processo dialógico entre duas áreas de grande significado social, a medicina e a ciência da informação. Ambas se ocupam de importantes desafios científicos, a primeira voltada à luta pela saúde e bem-estar social, e a segunda à sustentabilidade do desenvolvimento da ciência e da cultura, por meio da preservação, organização, disseminação, acesso e uso da informação.

Neste livro, está registrada a riqueza dos debates e qualidade dos trabalhos apresentados por professores pesquisadores do Brasil e de Portugal, assim como por pós-graduandos e profissionais que atuam na interface da medicina e da ciência da informação, o que permite aos seus leitores o contato com a interlocução qualificada que se efetuou durante o Medinfor.

SERVIÇO

O Quê: Lançamento do livro “A medicina na era da informação”, organizado pelos professores Zeny Duarte e Lúcio Farias

Quando: 17 de março de 2010, às 16 horas

%d blogueiros gostam disto: