#RIO 2016 – Chuva de gols e vibração na Fonte Nova

2016-08-08_09.10.25

Mantendo a escrita, a Arena Fonte Nova se destaca pela alta média de gols e vibração. Foram 24 gols em quatro partidas do futebol masculino (12 por rodada), e uma bela festa da torcida nas arquibancadas.

Vamos aos números:

1ª rodada (THU 4 AUG 2016 / 04 de agosto)
Attendance / Público: 16.500
(MEX vs GER) México 2 x 2 Alemanha
(FIJ vs KOR) Fiji 0 x 8 Coreia do Sul

2ª rodada (SUN 7 AUG 2016 / 07 de agosto)
Attendance / Público: 17.121
(FIJ vs MEX) – Fiji 1 x 5 México
(GER vs KOR) – Alemanha 3 x 3 Coreia do Sul

Olimpiada Salvador partidasa

A torcida local adotou a Seleção de Fiji, comemorando bastante as jogadas desenvolvidas pelos representantes da Oceania. Ao final das partidas, os jogadores saudavam os torcedores pelo grande apoio. Enquanto isso, a Seleção da Alemanha enfrentou dois bons adversários, precisando sempre correr atrás dos resultados para não saírem derrotados diante dos mexicanos e dos coreanos. Os asiáticos foram os que mostraram até então o melhor futebol na Arena Fonte Nova nesta competição.

Amanhã (09/08/2016) acontecem os primeiros jogos do Futebol Feminino em Salvador:
16h – Austrália x Zimbábue    |    19h – Nova Zelândia x França

E a grande expectativa fica para a próxima quarta (10/08/2016), na rodada que pode decretar a classificação ou a eliminação precoce da Seleção Brasileira masculina, que após dois empates em 0x0 contra Africa do Sul e Iraque, precisa vencer a Dinamarca para escapar de um novo vexame. Na preliminar desse jogo, às 19h, se enfrentam Suécia x Japão.

A Copa do Mundo na Bahia

#Copa2014Salvador

No sorteio dos jogos da Copa 2014, Salvador tirou a sorte grande. Mesmo não sendo contemplada com jogo da Seleção Brasileira na 1ª fase, a cidade vai receber grandes jogos.

Dia 13/06 (sexta-feira), às 16:00, teremos Espanha x Holanda, reeditando a final do mundial anterior. Um jogo cercado de grande expectativa, em partida que deve ser marcada pelo equilíbrio. Chile e Austrália vão ser os adversários dos espanhóis e holandeses no Grupo B.
Espanha e Holanda já jogaram em Salvador. A Espanha, jogou um amistoso contra o Brasil em 1981 na Fonte Nova, perdendo a partida por 1×0. Já em 1999, a Holanda, empatou com o Brasil em 2×2
.

Dia 16/06 (segunda-feira), às 13:00, A Alemanha, apontada pela grande maioria como uma das favoritas ao título (com razão), enfrenta Portugal, do ídolo Cristiano Ronaldo, eleito o melhor jogador do mundo. A seleção alemã possui um forte elenco, enquanto a seleção portuguesa vai depender muito de seu maior nome para brilhar na competição. Os adversários de alemães e portugueses no Grupo G são Estados Unidos e Gana.

Dia 20/06 (sexta-feira), às 16:00, será a vez de Suíça x França. A seleção suíça tem uma forte marcação e é um adversário difícil de ser batido. Em 10 jogos pelas eliminatórias, foram 7 vitórias e 3 empates. Na última Copa, a única derrota da Espanha naquela competição foi justamente contra os suíços. Já a Seleção da França, veio para o Brasil desfalcada de seu maior nome dessa temporada, o jogador Ribéry. Apesar da grande ausência, a equipe francesa acredita em um bom desempenho na competição.

A França já realizou 3 jogos no Estádio da Fonte Nova em 1972, na disputa da Taça Independência, conhecida também como Mini-Copa (Competição que contou com 20 seleções, tendo o Brasil se tornado campeão, vencendo Portugal na final). Na 1ª partida, venceu a Seleção da CONCACAF (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe) por 5×0, depois, nova vitória sobre a Colômbia por 3×2 e finalizando com um empate contra a Argentina em 0x0.

Os adversários de franceses e suíços no Grupo E são Equador e Honduras.

Dia 25/06 (quarta-feira) às 13:00, o jogo mais surpreendente de todos, afinal, não tenho conhecimento de que alguém tivesse apostado que Bósnia e Irã fariam parte da grande festa do futebol antes das eliminatórias, apesar do Irã já ter participado de três Copas do Mundo (78, 98 e 2006), com nove jogos disputados e um retrospecto de uma vitória, dois empates e seis derrotas. A Bósnia é a novata da competição. Ambas desejam segurar uma das vagas do Grupo F, que conta com a Argentina e Nigéria.

Dia 01/07 (terça-feira) às 17:00, será a vez das Oitavas de final. O 1º do Grupo H (Rússia, Bélgica, Coreia do Sul e Argélia) joga contra o 2º do Grupo G (Alemanha, Estados Unidos, Gana e Portugal).

Dia 05/07 (sábado) às 17:00, Quartas de final, e a despedida de Salvador da Copa do Mundo. O vencedor do jogo do dia 01/07 na Fonte Nova será uma das Seleções em campo.

Três seleções escolheram a Bahia como sede. A Alemanha e a Suíça, estão na região de Porto Seguro. Os alemães optaram pelo povoado de Santo André em Santa Cruz Cabrália e a Suíça em um resort da região. Já a Croácia, montou sua base na Praia do Forte, no Litoral Norte em Mata de São João. Essas seleções souberam escolher bem os locais de concentração.

Apesar das estatísticas, o resultado acontece mesmo é com a bola em jogo, portanto, que vença o melhor, e que quem estiver em Salvador nesses dias de Copa, curta bem esse momento.

FRANCE-CONCACAF 1972

A França vai realizar contra a Suíça o seu 4º jogo na Fonte Nova.  Acima, a formação que jogou na Boa Terra em 1972.

ICBA realiza mostra gratuita de cinema alemão

Temporada da Alemanha no Brasil 2013-2014

O Goethe-Institut/ICBA retoma sua programação de cinema semanal exibindo uma mostra de filmes que tanto corresponde ao propósito do Goethe-Institut no mundo inteiro – o diálogo entre as culturas – quanto reflete o espírito deste novo milênio.
Os primeiros três filmes da mostra enfocam os imigrantes radicados na Alemanha: os trabalhadores estrangeiros, já na Alemanha há três gerações, e os refugiados de guerra, lá há duas. Estes filmes falam dos diversos aspectos e estágios da integração na outra cultura e levantam a questão da “identidade” não apenas diante de mudanças territoriais e linguísticas, como também sociais – quer seja na forma de uma requintada comédia, como “Almanya – Bem-vindo à Alemanha” (11 de junho), do drama sobre um assassinato de honra “A Estrangeira” (18 de junho) ou do leve e divertido “Sascha” (16 de junho), um jovem imigrante às voltas com sua homossexualidade mal-resolvida. Humor e tragédia estão aqui tão próximos quanto o sucesso e o fracasso.
Os dois longas-metragens seguintes seguem suas protagonistas até o exterior: “Uma Canção do Passado” (23 de julho) relata a crise existencial de uma jovem mulher ao se deparar, de forma inesperada, com fatos que a fazem contestar o que até ali havia considerado suas raízes. “A Cor do Oceano” (30 de julho) mostra as reações da Alemanha e da Europa ao fenômeno da imigração. Sem julgamentos precipitados e com empatia por todos os envolvidos, o filme analisa o desnorteamento de seus personagens entre o engajamento civil e o ressentimento.
O último filme leva a mostra de volta à Alemanha. “Nenhum Lugar Para Ir” (6 de agosto) retrata uma migração entre as Alemanhas ocidental e oriental: com a queda do muro de Berlim, uma escritora, mãe do diretor Oskar Roehler, que tem sua obra inteira em prol do socialismo, entra em crise e resolve deixar Munique mudando-se para Berlim. Contudo, esta busca desesperada por si mesma e pelos antigos aliados nas novas condições sócio-políticas, leva ao fracasso, não somente da escritora, como de toda uma utopia.

Programação:

11 de junho de 2013
Almanya – Bem-vindo à Alemanha
Direção: Yasemin Samdereli, colorido, 95 min., 2009-11

18 de junho de 2013
A Estrangeira
Direção: Feo Aladag, colorido, 119 min., 2010

16 de julho de 2013
Sascha
Direção: Dennis Todorović, colorido, 101 min., 2009/10

23 de julho de 2013
Uma Canção do Passado
Direção: Florian Cossen, colorido, 94 min., 2010

30 de julho de 2013
A Cor do Oceano
Direção: Maggie Peren, colorido, 91 min., 2010

06 de agosto de 2013
Nenhum Lugar Para Ir
Direção: Oskar Roehler, preto/branco, 100 min., 1999

Local do evento:

Cine-Teatro do Goethe-Institut Salvador-Bahia/ICBA
Av. Sete de Setembro, 1809
40080-002 Salvador-Bahia

Contato:

Goethe-Institut Salvador-Bahia/ICBA
Tel. +55-71-3338 4700
email: progr@salvadorbahia.goethe.org
website: www.goethe.de/bahia

Literatura: Queda do Muro e Reunificação – Contextos

Mensagem enviada por Álvaro Almeida, do Centro de Informação & Bibliotecas Goethe-Institut de Salvador/BA.

“A queda do Muro de Berlim é um acontecimento histórico de grande relevância para a Alemanha e a política internacional. Esta semana se comemoram os vinte anos do evento e a imprensa internacional deu destaque ao fato em vasta cobertura. Edições especiais dos jornais e revistas em todo mundo documentaram em reportagens, entrevistas e ensaios as mudanças ocorridas em Berlim e na Alemanha desde a reunificação do país.
E nas artes, especialmente na literatura, que repercussão obteve o fato?
Visando possibilitar aos leitores conhecer as várias obras publicadas sobre o tema, enviamos anexo o informativo abordando o contexto e os autores:”
http://www.goethe.de/kue/lit/prj/lwe/hin/pt4278641.htm
%d blogueiros gostam disto: