Curso de Especialização em Gestão e Tratamento de Acervos de Música

O Instituto de Ciência da Informação (UFBA) estará oferecendo, a partir do segundo semestre, o Curso de Especialização em Gestão e Tratamento de Acervos de Musica, com um ano de duração, visando preparar profissionais para o desenvolvimento das atividades de tratamento biblioteconômico e/ou arquivístico, em nível de especialização, diferenciado pelo seu envolvimento com a documentação relativa à música, portanto, dando o suporte necessário a todos os usuários interessados nesse tipo específico de documento que estejam vinculados à prática musicológica quanto à atividade docente ou performática, dentre outras.

O que: Curso de Especialização em Gestão e Tratamento de Acervos de Música.

Onde: Instituto de Ciência da Informação – UFBA. Av. Reitor Miguel Calmon, s/n – Vale do Canela – Salvador – BA.

Público Alvo: Arquivistas e Profissionais que lidam com acervos de música.

Início previsto: 13/08/2012     Duração: 01 ano (537 horas)

Seleção: 01 a 15 de julho de 2012

Inscrições: 01 a 10 de agosto de 2012

Mais informações:  arquivol@ufba.br

Fonte: AABA

Liberado na web maior acervo musical do mundo

O maior catálogo de arquivos musicais do mundo passou a ser de domínio público nesta terça-feira. O Arquivo de Música Contemporânea de Tribeca, em Nova York, nos Estados Unidos, foi liberado pela Universidade de Colúmbia, com quem o acordo para liberação do material fonográfico foi firmado na última semana.

Um dos primeiros acervos que podem ser acessados, segundo o site Arcmusic, é a coleção de blues do guitarrista da banda Rolling Stones, Keith Richards, com canções originais em 78rpm do músico Robert Johnson, datadas de 1937.

Ao todo, o arquivo fonográfico de Tribeca contém mais de 2 milhões de gravações, 3 milhões de fotografias, livros e vídeos, incluindo trilhas sonoras de filmes do cinema. O catálogo disponibiliza ainda gravações de música pop e traz dados sobre os músicos e bandas.

De acordo com o site ArtsBeat, hospedado no jornal americano New York Times, o compartilhamento do material não visa a fins lucrativos. A intenção da universidade em viabilizar o acesso ao acervo é uma maneira de estimular o desenvolvimento de novos projetos na área musical.

Fonte: Terra Tecnologia

O endereço do ARChive of Contemporary Music é
http://www.arcmusic .org/begin. html

%d blogueiros gostam disto: