“Revolta dos Búzios 219 anos – uma história de Igualdade”

Também conhecida como Inconfidência Baiana, Revolta dos Alfaiates ou Conjuração Baiana, a Revolta dos Búzios aconteceu em 1798 na capitania da Bahia para se libertar da Coroa Portuguesa. O movimento teve caráter popular e também defendia o fim da escravidão, um governo republicano e democrático, livre comércio e abertura dos portos.

A revolta ficou assim conhecida pelo fato de alguns revoltosos usarem um búzio preso a uma pulseira para facilitar a identificação. Na quinta-feira (10), o Arquivo Público do Estado da Bahia realizará o Conversando com o Pesquisador com o tema “Revolta dos Búzios 219 anos – uma história de Igualdade”.

A atividade começará às 14h30, no auditório da unidade que é vinculada à Fundação Pedro Calmon/SecultBA, na Ladeira de Quintas, e será ministrada pelo Mestre em Direito Público pela Universidade de Brasília, presidente do Olodum, produtor cultural, poeta, escritor e colunista do jornal A Tarde, João Jorge Rodrigues.

Durante o evento, acontecerá o lançamento do conjunto documental “Revolta dos Búzios” online no AtoM do Arquivo Público do Estado da Bahia.

AABA promove palestras sobre Conservação e restauro de bens culturais & Acervos Eclesiásticos

A AABA (Associação dos Arquivistas da Bahia), em parceria com o Centro Cultural dos Capuchinhos e com apoio do Daarq Ufba, convida a todos para as palestras:

  • Conservação e restauro de bens culturais, a ser ministrada pelo Prof. Fr. Ulisses Bandeira;
  • Acervos Eclesiásticos: experiências de gestão, preservação e pesquisa, ministrada pela Profa. Dra. Alícia Duhá Lose.

O evento inicia-se às 9 horas, do dia 29 de julho, na Sala 1 do Instituto de Ciência da Informação, da Universidade Federal da Bahia.

INSCRIÇÕES PARA A PALESTRA ATRAVÉS DO LINK: https://goo.gl/forms/T9jGsHXqclPHPdH72

Arquivo Público do Estado da Bahia integra a 1ª Semana Nacional de Arquivos

Os arquivos públicos têm papéis imprescindíveis na sociedade, pois são os guardiões da memória e da história de um povo. Com objetivo de ampliar a visibilidade dessas instituições e sua inserção na sociedade, acontecerá a 1ª Semana Nacional de Arquivos – Arquivos abertos, cultura e patrimônio. O Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB) integrará a programação com diversas atividades.

Programação 1ª Semana Nacional de Arquivos

5 de junho, 14h30 às 16h – APRESENTAÇÃO: Como Consultar o Atom-APEB?

6 de junho – LANÇAMENTO: Cadastro online de Arquivos Públicos Municipais da Bahia

7 de junho, 14h30 às 17h – EXPOSIÇÃO “Memória do Mundo passa por Aqui”. Curadoria: Libânia da Silva Santos e José Roberto Dias

8 de junho, 14h30 às 16h – PALESTRA: Com a Palavra O Pesquisador. Tema: “Candomblé e Polícia nos Arquivos da Jogos e Costumes, dialogando com as fontes”. Palestrante: Profº Vilson Caetano

9 de junho | APEB de portas abertas – Manhã: 10h às 12h, Tarde: 14h às 16h.

Informações: (71) 3116-2140
Local: Arquivo Público do Estado da Bahia (Ladeira de Quintas, 50, Baixa de Quintas – Salvador, Bahia)

Arquivo Público da Bahia sedia oficina do Programa Memória do Mundo da UNESCO

A memória do mundo é a memória coletiva e documentada dos povos do mundo. De acordo com a UNESCO, é o legado do passado para a comunidade mundial presente e futura. Visando ampliar a difusão do Memory of the Word (MoW), a UNESCO promoverá Oficinas Regionais do Programa Memória do Mundo durante o prazo de submissão de candidaturas deste ano. 

Na Bahia, o Arquivo Público do Estado da Bahia será o anfitrião da 8ª Oficina do MoW Brasil – Região Nordeste. O evento acontecerá em 1º de junho, às 14h, no auditório da instituição. O diretor-geral da Fundação Pedro Calmon/SecultBA, Zulu Araújo, participará da mesa de abertura. No dia também haverá visita guiada aos conjuntos documentais do APEB e palestras com a diretora, Teresa Matos, e com professor Evergton Sales (UFBA), sobre orientações sobre o Edital 2017.

As Oficinas são ministradas por membros do Comitê MoW Brasil que têm conhecimento dos processos de montagem dos editais e revisões de candidaturas. Além disso, têm objetivo de diversificar o perfil das instituições que se candidatam e aperfeiçoar as propostas apresentadas de forma que estados e regiões que ainda não participaram, possam apresentar candidaturas qualificadas no Registro Nacional.

A oficina é voltada para instituições de gestão de patrimônio documental como arquivos, centros de documentação e memória, museus, universidades, secretarias e cultura e fundações. São 40 vagas gratuitas que podem ser garantidas através do e-mail memoriadomundo@arquivonacional.gov.br. Haverá certificado eletrônico para os participantes. 

Edição MoW 2017 – As candidaturas ao Registro Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo UNESCO 2017 ficarão abertas até 31 de julho. Serão selecionados documentos ou conjuntos documentais de natureza arquivística e bibliográfica – inclusive documentos audiovisuais –, custodiados em território nacional e de relevância para a memória da sociedade brasileira. O formulário de inscrição está disponível no sítio mow.arquivonacional.gov.br. 

Memória do Mundo no APEB – Vale salientar que o Arquivo Público do Estado da Bahia custodia quatro conjuntos documentais registrados no MoW-Brasil: Tribunal da Relação do Estado do Brasil e da Bahia (1652-1822); Registros de Entrada de Passageiros no Porto de Salvador (1855-1964); Cartas Régias (1648-1821) e Companhia Empório Industrial do Norte (1891-1973), respectivamente em 2008, 2010, 2013 e 2016. 

A diretora do APEB, Teresa Matos, destaca que são “títulos que confirmam o valor excepcional e o interesse nacional de acervos documentais que devem ser protegidos para benefício da humanidade”. A Bahia ainda custodia conjuntos do MoW no Arquivo Histórico Municipal de Salvador/ Fundação Gregório de Mattos, no Mosteiro de São Bento da Bahia e na Santa Casa de Misericórdia da Bahia.

Fonte: Fundação Pedro Calmon

15ª Semana Nacional de Museus

De hoje, 15, ao dia 21 de maio, está sendo realizada em todo o país a 15ª Semana Nacional de Museus, temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) em comemoração ao Dia Internacional de Museus, que é celebrado no dia 18 de maio.

Nesta edição, mais de mil museus de todo o país irão oferecer ao público 3 mil atividades especiais, como visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes e outras.

Acesse o Guia de Programação e fique por dentro de todas as programações que serão realizadas na sua região.

Guia de Programação – 15ª Semana de Museus

Vale a pena conferir!

Diplomática Contemporânea como subsídio à organização de documentos de arquivo

A Associação dos Arquivistas da Bahia (AABA), com o apoio do DA Arquivologia (UFBA), promove a “Série Diálogos – Diplomática Contemporânea”.

OBJETIVOS: A série de mesas-redondas pretende abordar questões de interesse dos arquivistas a partir do diálogo interdisciplinar com outros campos teóricos afins. 

PÚBLICO ALVO: Arquivistas, bibliotecários, museólogos, estudantes e interessados em geral. 

TEMA: Diplomática Contemporânea como subsídio à organização de documentos de arquivo. 

PALESTRAS: 

  • Diplomática Contemporânea: identificação tipológica e manutenção de requisitos de autenticidade. (Prof. Dr. Daniel Flores – UFSM). 
  • Crítica Filológica: interfaces crítico-analíticas para estudo do texto. (Prof. Dr. Arivaldo Sacramento – UFBA).

Data: 19/05/17
Horário: 17: 00 às 19:00 horas
Local: Sala 1 – Instituto de Ciência da Informação (UFBA)

Certificado para ouvintes.

Inscrições pelo link: https://goo.gl/forms/tKe DLFueFODqNVf43

Dúvidas pelo e-mail: diretoriaaaba.comunicacao@ gmail.com 

Visite a página da AABAhttp://www.arquivistasbahia. Org

 

Campanha de Prevenção e Segurança Digital

PÚBLICO-ALVO

Membros e Servidores do MPBA, Juízes de Direito, Conselheiros de Direitos e Tutelares, Gestores dos Fundos DCA, Secretários Municipais, Técnicos dos CRAS e CREAS, Conselheiros Municipais de Assistência Social, Pais ou Responsáveis por Crianças e Adolescentes, Estudantes e demais interessados no tema.

Lista dos Auditórios e Operadores de Videoconferência

%d blogueiros gostam disto: