Dark Side of Orobó – Música, Arte & Solidariedade

O evento de música, arte e solidariedade vem mais uma vez trazer cultura e entretenimento aos moradores e visitantes de Ruy Barbosa, próximo a Itaberaba e situado a 124 km de Lençóis.

Já em sua terceira edição, o Dark Side of Orobó promove também a inclusão social ao arrecadar alimentos, brinquedos e outros itens, que são entregues à população necessitada. Este ano, a organização beneficiada será a APAE.

Programação:
Este ano, as apresentações musicais serão com os artistas: The Virote, Rafaela Melo (ambos de Ruy Barbosa), Zabah Bush, IV de Marte (ambos de Salvador) e Funcionários Públicos (de Lençóis).

Por que Dark Side?
O termo Dark Side (lado escuro) surgiu a fim de tornar públicas as inúmeras produções artísticas que estão ocultas na cidade, expostas no evento em forma de apresentações musicais e exposições de artes plásticas e artesanatos.
O evento já entrou para o calendário cultural de Ruy Barbosa, sendo o único deste segmento no município.

Apóie a cultura local, porque um povo sem cultura é um povo sem identidade. #somostodosumsó

Serviço:
Evento: Dark Side of Orobó, terceira edição.
Data: 21 de outubro
Horário: 21 horas
Local: Clube Social de Ruy Barbosa
Quanto: R$ 15,00 + 1kg de alimento

Fonte: Guia da Chapada Diamantina

Anúncios

Forania 6 inscreve para Jornada Teológica sobre os 10 anos do Documento de Aparecida

No dia 7 de outubro acontecerá a Jornada Teológica da Forania 6, à luz do tema “Celebrando os 10 anos do Documento de Aparecida”, que será abordado pelo monsenhor Antônio Catelan, membro da Comissão Teológica Internacional, subsecretário de Pastoral e assessor da Comissão Episcopal para a Doutrina da Fé da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

O evento acontecerá das 8h às 16h, no Santuário Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt (Estrada do Curralinho, s/n, Sttiep). Para participar o interessado deve preencher a ficha de inscrição disponível no site da paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida [clique aqui] ou nas secretarias das paróquias que fazem parte da Forania 6 (Ascensão do Senhor, Nossa Senhora da Assunção, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Esperança, Nossa Senhora da Luz, Nossa Senhora da Paz, Nossa Senhora de Fátima, Sagrada Família, Santa Rosa de Lima, São Francisco de Assis). O investimento é no valor de R$ 25.

Fonte: Arquidiocese de São Salvador da Bahia

Feira do Livro – Dia Europeu das Línguas

Feira_17_a4_prog_branco

Goethe Institut, o Instituto Cervantes e a Aliança Francesa,  tem o prazer de convidar vocês na SEGUNDA EDIÇÃO DA FEIRA DO LIVRO, em comemoração ao Dia Europeu das Línguas.

Livros a preço de feira, atividades culturais, sarau e muita diversão nos dias 22 e 23 de setembro no ICBA.

Todo o valor arrecadado será em benefício do Espaço Cultural Comunitário Pierre Verger.

Memorial da Câmara Municipal participa do projeto Primavera de Museus

Para saber mais sobre o Memorial da Câmara Municipal, acessem o site:

Memorial Câmara Municipal de Salvador

Os livros raros do acervo da Brasiliana já estão no ar

Biblioteca da USP adota nova plataforma para facilitar acesso gratuito – até por celular e tablet – a 3 mil obras

São 3 mil livros raros da coleção do casal Guita e José Mindlin à disposição dos leitores. Podem ser acessados pelo celular ou tablet a qualquer hora e lugar, gratuitamente, por estudantes, pesquisadores e interessados de todo o mundo. E o mais importante: as obras já estão disponíveis para download.

Folhear de um dispositivo móvel as páginas amarelecidas da obra editada no século 16 de Hans Staden – viajante alemão que esteve no Brasil por duas vezes combatendo nas capitanias de Pernambuco e de São Vicente – é uma aventura que, até há pouco tempo, era inimaginável. Pois bem. Esse livro e outras 2.999 obras que José Mindlin colecionou dos 15 aos 95 anos de idade podem ser apreciados graças à nova plataforma criada pela Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da USP.

O coordenador responsável é o bibliotecário Rodrigo Moreira Garcia, que tem como meta buscar uma interface cada vez mais atualizada, facilitando ainda mais o acesso ao acervo da BBM Digital. “A nova plataforma está sendo desenvolvida totalmente em DSpace, ou seja, software de código fonte aberto que fornece facilidades para o gerenciamento de acervos digitais”, explica Garcia. “A plataforma possui design responsivo, ou seja, o layout da página se adapta de acordo com a resolução da tela em que está sendo visualizada, garantindo o acesso em dispositivos móveis como tablets e smartphones.” O projeto conta com a colaboração da Superintendência de Tecnologia da Informação e do Centro de Tecnologia da Informação da USP de São Carlos.

Garcia orienta os leitores sobre esse novo acesso, que, semanalmente, disponibilizará novas digitalizações. “Para uma visualização mais clean, o leitor/usuário terá a opção de visualizar as obras diretamente em seu browser em uma nova aba, ou ainda realizar o download da versão em PDF. Além disso, permite uma navegação e busca mais dinâmicas. Para torná-la mais atrativa ao usuário/leitor, os Thumbnails, ou seja, miniaturas usadas para tornar mais fácil o processo de procurar e reconhecer, remetem às capas originais das obras. Não mais às encadernações de capas de couro ou a uma folha de rosto, página ou figura significativa e representativa das obras.”

As novas digitalizações disponibilizadas são realizadas, segundo Rodrigo Garcia, de acordo com diretrizes internacionais de preservação digital, como as da International Federation of Library Associations and Institutions (Ifla). “A proposta é recriar, tanto quanto possível, as características materiais da obra original.”

Para acessar o acervo da Biblioteca Digital BBM basta digitar o endereço: https://digital.bbm.usp.br/

Fonte: Jornal da USP

“Revolta dos Búzios 219 anos – uma história de Igualdade”

Também conhecida como Inconfidência Baiana, Revolta dos Alfaiates ou Conjuração Baiana, a Revolta dos Búzios aconteceu em 1798 na capitania da Bahia para se libertar da Coroa Portuguesa. O movimento teve caráter popular e também defendia o fim da escravidão, um governo republicano e democrático, livre comércio e abertura dos portos.

A revolta ficou assim conhecida pelo fato de alguns revoltosos usarem um búzio preso a uma pulseira para facilitar a identificação. Na quinta-feira (10), o Arquivo Público do Estado da Bahia realizará o Conversando com o Pesquisador com o tema “Revolta dos Búzios 219 anos – uma história de Igualdade”.

A atividade começará às 14h30, no auditório da unidade que é vinculada à Fundação Pedro Calmon/SecultBA, na Ladeira de Quintas, e será ministrada pelo Mestre em Direito Público pela Universidade de Brasília, presidente do Olodum, produtor cultural, poeta, escritor e colunista do jornal A Tarde, João Jorge Rodrigues.

Durante o evento, acontecerá o lançamento do conjunto documental “Revolta dos Búzios” online no AtoM do Arquivo Público do Estado da Bahia.

Quinta Pop: Sintetizadores e Música Pop com André T.

A Quinta Pop dessa semana traz o grande produtor musical André T para falar de como o advento dos sintetizadores alterou as perspectivas da música pop.
André T que assina a produção de trabalhos de artistas como Retrofoguetes, Pitty, Luiz Caldas, Cascadura, Theatro de Séraphin etc, também é multi-instrumentista e um apaixonado por sintetizadores, tendo alguns clássicos dessas maravilhosas máquinas no seu estúdio.

Entrada gratuita.

Local:
Brooklyn Atelier
Avenida Mário Leal Ferreira, 360 Bonocô Center, loja 17., 40285-60
(71) 3561-2757
brooklynssa@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: