Fotógrafo brasileiro lança livro sobre a crise mundial dos rinocerontes

a jornada do RinoceronteO fotógrafo documental brasileiro Érico Hiller lança no dia 3 de março, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, em São Paulo, o livro A Jornada do Rinoceronte, que retrata a atual situação dos rinocerontes, espécie ameaçada de extinção por conta da caça e do comércio ilegal de seus chifres. Segundo dados da ONG Save The Rhino, os rinocerontes podem ser extintos da natureza até 2026. 

Durante quase uma década, Érico se dedicou a pesquisar e entender mais sobre os rinocerontes e a situação atual da espécie. Neste período, o profissional viajou por dois anos para países como Índia, Vietnã, Zimbábue, Moçambique, África do Sul e Quênia para registrar o drama da caça furtiva deste animal que, segundo ele, “representa a forma como tratamos a vida na Terra”. Trata-se de uma grande narrativa em imagens sobre a insensatez humana. “Eis um ponto interessante, não é um livro sobre as belezas do rinoceronte, mas sobre o que as pessoas estão dispostas a fazer para matar o animal e depois vender partes de seu corpo no mercado negro. Isso pode fazer com que o rinoceronte chegue a uma rápida extinção e, após sobreviverem por mais de 50 milhões de anos, podem ter sua jornada interrompida no tempo de nossas vidas”, diz Hiller. O fotógrafo registrou imagens sensíveis, mas impactantes sobre pessoas que vivem o dia a dia dos rinocerontes, tanto dos que protegem como o cenário da matança. 

Após esta jornada, Érico Hiller compilou todas as informações nessa obra inédita na forma de um diário de viagens com relatos em primeira pessoa. Não se trata apenas de um livro com fotografias, mas de um projeto que tem como base o engajamento, a iniciativa da conservação. Érico conta que pretende conscientizar a população sobre a prevenção das cinco espécies de rinocerontes que ainda são encontradas no planeta e, consequentemente, poder oferecer ferramentas de informação e educação para aqueles que ainda supostamente consomem os chifres de rinoceronte na Ásia. 

Parte do valor arrecadado com as vendas de livros será doada para a causa dos rinocerontes, sendo direcionada para instituições que lutam pela preservação destas espécies no mundo. A proposta do fotógrafo é gerar reflexões e discussões por meio de seus trabalhos ambientais e humanitários. “Meu grande objetivo é usar a força da imagem para seguir semeando minha mensagem adiante e chamar a atenção do mundo para assuntos como este”, afirma Hiller.

Com um acabamento impecável, impresso em papel italiano Garda, o livro de 252 páginas, conta com 130 imagens e foi minuciosamente elaborado pelo autor juntamente com a Editora M’Arte para que tivesse um formato de livro de mão, leve e que pudesse ser carregado e lido em qualquer lugar. 

Érico Hiller atua como fotógrafo documental há doze anos e colabora com diversas publicações, como a National Geographic Brasil, Rolling Stone e Marie Claire. Em 2008 produziu um projeto sobre as tensões sociais e ambientais em grandes cidades dos países emergentes. Em 2011 Érico realizou um grande ensaio documental que alerta sobre a situação de pontos de nosso planeta que poderão simplesmente desaparecer. A Jornada do Rinoceronte é seu terceiro livro. Para conhecer o trabalho do fotógrafo visite seu perfil no Instagram @ericohiller

Serviço:

Lançamento do livro “A Jornada do Rinoceronte” 
Data: dia3 de março
Horário: à partir das 18h
Local: Shopping Iguatemi – Livraria Cultura, Av. Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo
Número de páginas: 252
Editora: M’Arte
Valor do livro: R$ 98,00

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: