Mini-curso destaca vida e obra de Dorival Caymmi

Curso DorivalNo ano do centenário de Dorival Caymmi, o IGHB promove nos dias 7 e 8 de maio, das 14h às 17h, um curso sobre sua vida e obra. Um dos maiores compositores populares do século XX, Caymmi nasceu em Salvador, dia 30 de abril de 1914. Saiu da Bahia e conquistou o Brasil no fim a década de 1930. Deixou sua marca como compositor de canções praieiras, em que o mar, seus mistérios, lendas e personagens de pescadores, tornaram-se temas clássicos de nosso cancioneiro, sendo neste aspecto, o introdutor das canções com temáticas praieiras na música popular brasileira.

Morando no Rio de Janeiro, capital do país, Caymmi tem ainda a oportunidade de expandir seu universo criativo, e torna-se, igualmente, um compositor refinado e inspirado de belos sambas canções, sendo considerado por alguns como um dos precursores da Bossa Nova, devido à modernidade de suas canções.

Caymmi ainda deixou como legado uma família musical, personificada em seus filhos Nana, Dori e Danilo, que com seus talentos ajudaram a consolidar ainda mais a obra do grande mestre baiano.

A vida e obra deste artista múltiplo, que foi também pintor talentoso, serão apresentadas durante o mini-curso, em três partes: Caymmi e a Bahia, Caymmi e suas canções praieiras e Caymmi romântico e sentimental. O público terá a oportunidade de ouvir suas canções em gravações originais, relacionando-as tematicamente e temporalmente, numa viagem que se inter-relaciona com a própria história da música popular brasileira e suas conexões com a vida cultural do país.

O curso acontece na sede do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia e tem entrada gratuita. A inscrição pode ser feita pelo email ighbahia@gmail.com. Mais informações no site www.ighb.org.br ou na sede do IGHB – Avenida Joana Angélica, 43 – Piedade. Tel. 71 3329 4463.

Arquivo Sonoro da Biblioteca Nacional reúne 250 mil peças

Criada em 1952 pela bibliotecária Mercedes Reis Pequeno, a Divisão de Música e Arquivo Sonoro (Dimas) da Biblioteca Nacional reúne 250 mil peças, entre periódicos, partituras, discos, CDs, cartazes, instrumentos musicais e diversos materiais relacionados à produção musical e discográfica do País.

Acervo formado, inicialmente, pelas coleções Real Biblioteca e D. Thereza Christina Maria – com primeiras edições de Haydn, Mozart, Beethoven e outros compositores dos séculos XVIII e XIX, a divisão dedica, atualmente, especial atenção à coleção de música brasileira, constituída por obras de grandes compositores, como Carlos Gomes, Alberto Nepomuceno, Villa-Lobos, Padre José Maurício, Francisco Mignone, Lorenzo Fernandes, Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Sinhô, Donga, Noel Rosa, Pixinguinha e Tom Jobim.

A coleção de discos contém 30 mil peças – CDs, discos de 78 rpm e 33 rpm, fitas cassete e de rolo – com gravações nacionais e estrangeiras de compositores eruditos e populares.

As peças que os pesquisadores mais pedem para ouvir são CDs de 78 rotações, integrantes do projeto Passado Musical, que há alguns anos transferiu o conteúdo de discos para formatos digitais. Os mais antigos são dos anos 1900.

“É possível fazer reprodução de peças do acervo que estejam em domínio público, através de cópias em microfilme ou formato digital”, explica Elizete. “No caso de obras com direitos reservados, a reprodução deve ser autorizada pelo autor e/ou seus herdeiros”.

Divisão de Música e Arquivo Sonoro da Biblioteca Nacional
Palácio Capanema, 3º andar
Rua da Imprensa, 16
Centro – Rio de Janeiro
Segunda a sexta, 10h às 18h
Informações: dimas@bn.br

Fontes:  Ministério da Cultura e Fundação Biblioteca Nacional

Mosteiro de São Bento disponibiliza obras raras restauradas e digitalizadas

livros raros s bentoNa próxima terça-feira, 22 de abril, às 10h, o Mosteiro de São Bento apresenta o resultado do projeto de restauração e digitalização de livros raros de uma das mais importantes bibliotecas do Brasil. Ao todo, serão disponibilizadas ao público, na íntegra e de forma gratuita, 60 obras raras, dos séculos XVI ao XIX, que poderão ser acessadas pela internet, de qualquer lugar do mundo, no endereço www.saobento.org/livrosraros. As obras passaram por um delicado e rigoroso processo de desinfestação, higienização e restauro, feito por uma equipe multidisciplinar de técnicos e pesquisadores do Mosteiro e da Faculdade São Bento da Bahia, com técnicas inovadoras de manuseio e conservação de papéis antigos. O projeto durou cerca de dois anos e contou com apoio financeiro da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia/SecultBA, com investimentos de R$ 500 mil do Fundo de Cultura da Bahia.

“Um dos importantes destaques desse projeto é a diversidade do acervo. Não há somente obras de Teologia, como se pode pensar. Há livros de Medicina, História, Sociologia, entre outras disciplinas. Há textos em cinco línguas, muitos deles não identificados  em nenhuma outra biblioteca do mundo”, ressalta a coordenadora geral do projeto, Profa. Dra. Alícia Duhá Lose, filóloga e Coordenadora Geral do Centro de Pesquisa e Documentação do Livro Raro do Mosteiro de São Bento da Bahia.

Obras – Entre as obras restauradas e digitalizadas estão: a coleção “Obras Completas de Luiz de Camões”, edição crítica com as mais notáveis variantes, de 1873; o compêndio; “Cartas Selectas”, de Padre Antônio Vieira, de 1856; “Index Librorum Prohibitorum”, do Papa Bento XIV, de 1764 e “Historia dos Judeos”, de Flavio José, de 1793. Os mais antigos da lista são: “Cometario as Sentenças de Duns Scoto, do Fr. Nicolau de Orbellis”, de 1503 e “Suma Theologica Secundæ”, de São Tomas de Aquino, de 1534.

Uma das técnicas de conservação utilizadas foi a “desinfestação por atmosfera anóxia”, uma prática inovadora que ainda não havia sido realizada no Norte / Nordeste do Brasil. O método faz a erradicação de pragas sem uso de biocidas. Com a retirada total do oxigênio dos livros, os insetos são mortos por asfixia. A média de tempo utilizado no restauro de cada livro variou de um a três meses. “Há obras que pela sua complexidade, tipo de encadernação, ilustrações, entre outros aspectos, levou cerca de três meses para serem finalizadas. É um trabalho muito minucioso”, explica Alícia Duhá Lose.

“O trabalho de preservação da memória é essencial para o campo da cultura. Nesta perspectiva, o projeto de restauração e de digitalização de livros raros do Mosteiro de São Bento é precioso, pois a biblioteca do Mosteiro é uma das mais antigas e relevantes para a história do Brasil e da Bahia. O significativo aporte de recursos demonstra a importância que a SecultBA dá a este trabalho e ao cuidado com nossa memória cultural”, Albino Rubim, secretário de Cultura da Bahia.

Acervo – A Biblioteca do Mosteiro de São Bento da Bahia também fundada em 1582 é tombada pelo Patrimônio Histórico Artístico Nacional (IPHAN) desde a década de 1930. O acervo ultrapassa os 200 mil volumes, e o setor de obras raras possui aproximadamente 13 mil obras impressas do séc. XVI ao XIX, sendo um dos mais importantes acervo de livros raros do país.

Esta é a segunda etapa do projeto do Centro de Documentação e Pesquisa do Livro Raro do Mosteiro, com 40 novas obras digitalizadas. A primeira etapa, finalizada em 2010, disponibilizou 20 obras raras, entre elas destacam-se os seis volumes dos “Sermões” do Padre Antônio Vieira publicados no final do século XVII e início do século XVIII. São edições princeps, ou seja, primeiras edições revisadas pelo próprio autor, neste caso a principal referência na língua portuguesa no Brasil.

Outras obras únicas são “Seleção de Questões Disputadas sobre a Metafísica e os Ensinamentos de Aristóteles”, de 1685 e “Theatro Crítico de Freijó”, de 1876, dedicado ao “sereníssimo señor Infante de España Dom Carlos de Bourbon e Farnefio”, e a “Colleção dos Breves Pontifícios”, e Leys Regias, expedidos e publicados desde 1714.

 Lista Completa das obras raras

Fontes: Biblioteca Virtual 2 de julho e Correio*

14 Bis & Marcelo Nova no Festival Moto Paulo Afonso 2014

MotoPauloAfonsoJá com data e atrações confirmadas, a Prefeitura de Paulo Afonso prepara o tradicional evento de motociclista da cidade que reúne turistas e clubes de motos de todo o país. O Moto Paulo Afonso 2014, acontece de 1º a 3 de maio, no Centro de Cultura Lindinalva Cabral, com extensa programação, reunindo apresentações musicais, estandes de acessórios, entre outras atrações.

Na programação, atrações como exposição de motos e produtos do setor, apresentações e passeios. O evento já se consolidou como atração anual e faz parte da agenda festiva do município. “Mais uma vez a Prefeitura apoia esse encontro que já é tradição na cidade e oferece junto com a Associação dos Motociclistas de Paulo Afonso (Amopaf), programação e estrutura feitas especialmente para o turista que aqui chegar”, destaca o secretário de Turismo, Luiz Carlos Carvalho.  Já consolidado no Calendário Nordestino do Motociclismo, é um dos maiores indutores de injeção de capital e renda, através do turismo na cidade. Entre as atrações musicais, as bandas da cidade também farão suas apresentações.

Para esta edição estão previstos 1500 motociclistas e uma média de visitação de 15 mil pessoas por dia no evento. Os visitantes ainda devem aproveitar a visita para conhecer as belezas e atrações turísticas de Paulo Afonso.

Os shows são gratuitos!

Confira a programação completa:

Quinta-feira (01/05/2014)

20h: Igor Gnomo
22h30: 14bis
01h: Nocaia

Sexta-feira (02/05/2014)

18h30: Jorjão e Banda
21h: Creedence Cover
23h30: Banda Ética

Sábado (03/05/2014)

12h: Renato Marinho
20h: Classic Rock
22h30: Marcelo Nova
01h: Máquina Total

14bis

14 Bis e Marcelo Nova – Dois grandes nomes da música nacional vão se apresentar em Paulo Afonso.

O 14 Bis, que já lançou 11 álbuns de estúdio, 3 ao vivo, além de coletâneas, é formada por Cláudio Venturini (Guitarra & Voz), Vermelho (Teclado & Voz), Sérgio Magrão (Baixo & Voz) e Hely Rodrigues (Bateria & Voz). Possui em seu repertório hits consagrados como “Planeta Sonho”, “Nova Manhã”, “Todo Azul do Mar”, “Linda Juventude”, entre outros, é sempre uma boa pedida. A banda possui uma sonoridade que mescla o pop, mpb e progressivo. Bons músicos e boas música, essa é a receita de sucesso do 14 Bis.

Marcelo Nova, grande conhecedor do rock, foi o vocalista e membro fundador do Camisa de Vênus, que nasceu em Salvador e ganhou a admiração de uma legião de fãs pelo Brasil, e teve de enfrentar uma forte censura devido a postura irreverente e questionadora que a banda tinha. Essa independência Marcelo Nova continuou mantendo durante a sua trajetória solo. Não me arrisco em dizer que Marcelo Nova e Plebe Rude são os dois grandes nomes do rock brasileiro que nunca cederam aos caprichos da mídia, e com isso, pagaram um preço alto para sobreviver no cenário musical. Assim como o 14 Bis, Marcelo tem uma grande trajetória, tanto com o Camisa de Vênus, como com a sua carreira solo.

Bahia conquista o seu 45º título estadual

#45No último domingo, 13/04/2014, o Bahia conquistou o seu 45º  título baiano. Das quartas de final, até a conquista do título, foram 12 jogos, com 8 vitórias, 3 empates e 1 derrota, além de uma sequência de 7 jogos sem perder para o maior rival.

O Vitória chegou a final com a vantagem de jogar por dois resultados iguais, mas,  a derrota para o Bahia por 2 x 0 na primeira partida da Fonte Nova, fez com que o rubro-negro tivesse a obrigação de entrar em campo com a necessidade de vencer por 2 gols de diferença para conseguir levar o título na partida em Pituaçú.

Com a bola rolando, jogando com garra e eficiência, o Bahia ampliou ainda mais a sua vantagem, ao abrir 2 x 0 no placar com gols de Fahel e Lincoln no primeiro tempo.  Juan e William Henrique conseguiram igualar o placar no 2º tempo, mas a reação foi insuficiente para evitar a festa da torcida tricolor, que há uma semana vinha comemorando em cima do rival ao som do “Lepo-Lepo”, música do Psirico que foi destaque no carnaval deste ano.

Após a supremacia rubro-negra na década passada, o campeonato baiano se tornou mais equilibrado nos últimos cinco anos. Segue a lista dos últimos campeões:

2010 – Vitória
2011 – Bahia de Feira
2012 – Bahia
2013 – Vitória
2014 – Bahia

Parabéns ao Bahia e a sua torcida por mais uma conquista.

2014 Poster Bahia

*Foto do portal Terra

Tabuleiro Musiquim faz lançamento virtual do novo disco

Tabuleiro ImbigoO Tabuleiro Musiquim faz hoje, 14 de abril, o lançamento virtual do “Imbigo” seu novo disco. O bom material encontra-se disponível para download.

Baixe o disco GRATUITAMENTE no link:http://tabuleiromusiquim.com/

O trabalho conta com as participações especiais de O disco tem participação de Luiz Caldas, Fábio Cascadura e Teago Oliveira.

A banda, que é formada por Silvio de Carvalho (voz e guitarra), Bruno Balbi (guitarra), Filipe Coelho (contrabaixo), Thiago Gomes (bateria) e Diego Cerqueira (percussão) vai fazer uma apresentação no famoso Largo Tereza Batista, Pelourinho, no dia 25 de abril às 21 h, com entrada gratuita.

Festival Artes do Sagrado 2014

Artes do SagradoFazendo jus à sua formação barroca, ao seu difundido sincretismo e ao seu tradicional acervo de arte sacra, a capital baiana abrigará a segunda edição do Festival Artes do Sagrado, de 10 a 21 de abril. O evento, que conta com patrocínio da Prefeitura de Salvador e já faz parte do calendário anual da cidade, resgata a importância nacional da Bahia como referência simbólica do sentimento e das artes do sagrado. A ideia principal é envolver a população e atrair turistas durante o período da Semana Santa.

Entre as atividades gratuitas da programação estão: espetáculo épico teatral A Paixão de Cristo [esse ano encenado no Farol da Barra], Feira Artes do Sagrado, Série de Concertos sinfônicos e corais, Rota Gastronômica Santos Sabores, Rota de Cinema, Danças Sagradas, Rota dos Museus, além da exposição especial Santeiros do Sagrado, no Museu Palacete das Artes.

PROGRAMAÇÃO

10/04/2014 (quinta)

– 9h – Abertura Rota de Museus com participação de 9 Museus da cidade.
– 12h – Abertura Rota Gastronômica Santos Sabores com participação de 21 restaurantes.
– 19h – Abertura oficial do Festival ARTES DO SAGRADO – Concerto OSBA na Igreja de São Francisco.

11/04/2014 (sexta)

– 9h às 17h:30 – Rota dos Museus.
– 12h às 24h – Rota Gastronômica.
– 10h-Feira Artes do Sagrado com participação de 60 artesãos do Instituto Mauá, COOPARC – Cooperativa de Produtores de Artigos Religiosos e Culturais da Bahia – Museu Palacete das Artes.
– 19h – Abertura oficial da Feira Artes do Sagrado e da Exposição Santeiros do Sagrado com a presença de 23 santeiros da Bahia do Sagrado – Museu Palacete das Artes – Participação Especial da Arena Cia de Artes com um concerto de abertura.
– 20h – Abertura da Rota de Cinema – Cinema do Museu (Museu Geológico)– Primeira Exibição do filme Sagrado Segredo, com a presença do diretor André Luis;
– 20h – Concertos Maestro Dilton Cesar e Angelo Rafael – Igreja de São Francisco.

12/04/2014 (sábado)

– 9h às 17h:30 – Rota dos Museus.
– 12h às 24h – Rota Gastronômica.
– 14h – Rota de Cinema.
– 10h ÀS 19h – Feira Artes do Sagrado – Museu Palacete das Artes.
– 14h às 19h – Exposição Santeiros do Sagrado – Museus Palacete das Artes.
– 18h – Cinema na Praça – Exibição da Paixão de Cristo – Mel Gibson – Largo 2 de Julho.
– 19h – Encontro de Corais – Participação de 8 corais de Salvador – Catedral Basílica Corais confirmados: Ars Cantandi, Embasa, Conceição da Praia, TRT, Sebrae, Coelba, IFBA e Coral Fecomércio.

13/04/2014 (domingo)

– 9h às 17h:30 – Rota dos Museus.
– 12h às 24h – Rota Gastronômica.
– 14h às 22h Rota de Cinema.
– 9h Concerto da Orquestra de Violões da UFBA – Igreja de São Francisco.
– 10h – Canto Gregoriano e liturgia – Monges do Mosteiro de São Bento – Mosteiro de São Bento.
– 10h às 19h – Feira Artes do Sagrado – Museus Palacete das Artes.
– 14h às 19h – Exposição Santeiros do Sagrado – Museu Palacete das Artes.
– 18h – Cinema na Praça – Exibição da Paixão de Cristo – Mel Gibson – Praça Municipal.

14/04/2014 (segunda)

– 9h às 17h:30 – Rota dos Museus.
– 12h às 24h – Rota Gastronômica.
– 14h às 22h Rota de Cinema.
– 19h – Concerto NEOJIBA – Mosteiro de São Bento.

 15/04/2014 (terça)

– 9h às 17h:30 – Rota dos Museus.
– 12h às 24h – Rota Gastronômica.
– 14h às 22h Rota de Cinema.
– 13h às 19h – Exposição Santeiros do Sagrado – Museu Palacete das Artes.
– 19h – Concerto Gerônimo com o Coro da UNEB do Maestro Davi Tourinho – Escadaria do Paço – Pelourinho.

16/04/2014 (quarta)

– 9h às 17:30 – Rota dos Museus.
– 12h às 24h – Rota Gastronômica.
– 14h às 22h Rota de Cinema.
– 13h – Exposição Santeiros do Sagrado – Museu Palacete das Artes.
– 18h -Estreia do grande espetáculo teatral A Paixão de Cristo com direção geral de Paulo Dourado – Farol da Barra

17/04/2014 (quinta)

– 9h às 17:30 – Rota dos Museus.
– 12h às 24h – Rota Gastronômica.
– 14h às 22h Rota de Cinema.
– 9h – Danças do Sagrado – Taichi e Dança do Ventre – Farol da Barra.
– 13h – Exposição Santeiros do Sagrado – Museu Palacete das Artes.
– 18h – Encenação do grande espetáculo teatral A Paixão de Cristo com direção geral de Paulo Dourado, no Farol da Barra.

18/04/2014 (sexta)

– 9h às 17:30 – Rota dos Museus.
– 12h às 24h – Rota Gastronômica.
– 14h às 22h Rota de Cinema.
– 9h – Danças Sagradas – Capoeira e Danças Circulares – Farol da Barra.
– 13h às 19h – Exposição Santeiros do Sagrado – Museu Palacete das Artes.
– 18h- Encenação do grande espetáculo teatral A Paixão de Cristo com direção geral de Paulo Dourado – Farol da Barra.

19/04/2014 (sábado)

– 9h às 17:30 – Rota dos Museus.
– 12h às 24h – Rota Gastronômica.
– 14h às 22h Rota de Cinema.
– 9h – Danças Sagradas – Dança do ventre e Danças circulares– Farol da Barra.
– 14h às 19h – Exposição Santeiros do Sagrado– Museu Palacete das Artes.
– 18h – Cinema na Praça – Exibição da Paixão de Cristo – Mel Gibson (local a definir em comum acordo com a FGM).
– 18h – Encenação do grande espetáculo teatral A Paixão de Cristo com direção geral de Paulo Dourado – Farol da Barra.

20/04/2014 (domingo)

– 9h às 17:30 – Rota dos Museus.
– 12h às 24h – Rota Gastronômica.
– 14h às 22h Rota de Cinema.
– 9h – Danças Sagradas – Taichi e Capoeira – Farol da Barra.
– 14h às 19h – Exposição Santeiros do Sagrado – Museu Palacete das Artes.
– 18h – Cinema na Praça – Cinema na Praça – Exibição da Paixão de Cristo – Mel Gibson (local a definir em comum acordo com a FGM).
– 18h – Encenação do grande espetáculo teatral A Paixão de Cristo com direção geral de Paulo Dourado, no Farol da Barra.

21/04/2014 (segunda)

– 9h – Danças Sagradas – Dança do Ventre e Taichi – Farol da Barra.
– 21h – Concerto encerramento com Maestro Sérgio Souto e o coro Vozes Reveladas (abertura) e um show com atração nacional – Farol da de Barra. Observação: A Exposição Santeiros do Sagrado permanece no Museu Palacete das Artes até o dia 27/04/2014, com funcionamento de terça a sexta das 13h às 19h e sábados, domingos e feriados das 14h às 19h

ROTAS DO FAS

Museus que participam da Rota de Museus:

1. Museu Abelardo Rodrigues
2. Museu Carlos Costa Pinto
3. Museu de Arte Sacra da Bahia
4. Museu da Misericórdia
5. Museu Afro
6. Acervo Igreja de São Francisco
7. Memorial Irmã Dulce
8. Museu Palacete das Artes
9. Centro Cultural Capuchinhos
10. Acervo Igreja Rosário dos Pretos

Restaurantes que participam da Rota Gastronômica Santos Sabores:

1. Acqua Café (Barra)
2. Acqua Café (Marina)
3. Acqua Café (Pituba)
4. Bacalhau De Martelo (Rio Vermelho)
5. Café Do Forte (Bahía Marina)
6. Cantina Da Lua (Pelourinho)
7. Casa De Tereza (Rio Vermelho Casa Lisboa)
8. Apipema Casarara (Brotas)
9. Das (Bahia Marina)
10. Ki-Mukeka (Pituba)
11. Ki- Mukeka (Armação)
12. Mama Bahia (Pelourinho)
13. Maria Mata Mouro (Pelourinho)
14. Odoya (Pelourinho)
15. Oui (Bahia Marina)
16. Plaza Gourmet (Armação)
17. Ponto Vital (Pelourinho)
18. Reconcavo Bar E Cozinha Criativa (Pituba)
19. Donana (Brotas)
20. El Caballito (Pituba)
21. Mama Mia (Rio Vermelho)
22. Boca De Galinha (Suburbana)
23. Terra A Vista (Barra)
24. Yemanjá (Armação)

Salas de Cinema que participam da Rota de Cinema:

1. Cine XIV
2. Cine Teatro Saraiva Shopping Iguatemi
3. Cine Teatro Saraiva Salvador Shopping
4. Cinema do Museu – Corredor da Vitória
5. Cine Palacete das Artes

Visite o site oficial do Festival e fique por dentro de outras informações sobre o evento:
FESTIVAL ARTES DO SAGRADO

%d blogueiros gostam disto: