Bahia terá programação especial para comemorar 25 anos do título de 88

bahia88_arquivocorreioO tempo não apaga a emoção de ser o melhor do Brasil. As lágrimas já secaram há anos, mas a admiração e o orgulho do título brasileiro de 88 ainda batem no peito do torcedor tricolor. Mesmo daqueles que ainda não eram vivos.

Todos eles, velhos e novos, terão a oportunidade de rever os atletas que fizeram a final do Campeonato Brasileiro de 1988 nesta quarta, às 18h, na Arena Fonte Nova, na preliminar do jogo entre Bahia e Vitória da Conquista, pela 3ª rodada da 2ª fase do Campeonato Baiano de 2014.

A data, 19 de fevereiro, marca exatos 25 anos do segundo jogo daquela final, disputada em 1989. A partida terminou em 0x0 e, como o Bahia havia ganho o primeiro jogo por 2×1, quatro dias antes, sagrou-se bicampeão nacional.

A partida contará com a presença de quase todos os jogadores tricolores da época. Zé Carlos, Bobô, Paulo Rodrigues, Charles, Ronaldo, Tarantini, entre outros, estão confirmados. Apenas o ponta Marquinhos não virá, já que, atualmente, é auxiliar técnico no Brasiliense.

“Desta vez, será no estádio onde realmente foi a decisão. Em Pituaçu (onde aconteceu o jogo dos 20 anos) não tinha esse vínculo”, avalia Zé Carlos, hoje com 48 anos. Do Inter, os desfalques são Taffarel, Luís Carlos Winck, Aguirregaray, Nenê e Luis Fernando, todos por questão de trabalho.

forma Ao contrário do jogo de 2009, o técnico Evaristo de Macêdo estará na Fonte Nova. “O ex-jogador se sente importante com essa festa. Tem jogadores que estão com a auto-estima baixa, não eram preparados pra o fim da carreira”, acredita Zé, um dos principais nomes do título.

Para ele, inclusive, a situação atual dos dois clubes é um parâmetro do que poderia ter sido feito no Bahia ao longo desses 25 anos: “o Inter perdeu e hoje é exemplo. O Bahia foi campeão e parou no tempo”.

A partida terá dois tempos de 30 minutos, afinal, a forma do ex-atletas não é mais a mesma. “Eu não sou de jogar não. Me cuido, dou sempre uma treinada. Pra esse evento dei uma preparada. Mas Paulo Rodrigues tá fininho e Osmar joga pra caramba”, garante o ex-meia.

Além do jogo especial, o chamado Dia do Bahia, como foi batizada a campanha, terá uma tarde de autógrafos com os ex-jogadores no Lounge Premium da arena.

Quem não quiser esperar tanto, pode ir no jantar de lançamento do jogo especial, amanhã, na churrascaria Boi Preto, na Boca do Rio. “O torcedor pode ir tirar foto, pegar autógrafo”, avisa Zé Carlos.

A celebração ainda contará com a entrega de diplomas ex-jogadores por parte do Bahia e uma camisa especial, à venda por R$ 99 no site www.zecarlos88.com.br.

Parte da renda será destinada ao tratamento médico do ex-lateral Maílson, que sofre de uma grave doença neurológica. Os 100 primeiros a comprar a camisa ganham um par de ingressos para o jogo.

O ingresso para o Dia do Bahia custa o valor normal dos jogos: Super Norte (R$ 30/R$ 15, Norte (R$ 44/R$ 22), Oeste (R$ 60/R$ 30), Leste (R$ 50/R$ 25) e Lounge Premium (R$140). Os pontos são os balcões  Ticketmix dos shoppings Iguatemi, Salvador e Paralela e do Pida! (Center Lapa e Piedade). Na Arena Fonte Nova, a venda começa amanhã, às 12h, e na quarta mais cedo, às 8h.

Dia do Bahia
15h30: Bahia x Vitória da Conquista pelo Baiano Sub-20
17h: Tarde de autógrafos dos campeões de 88 no Lounge Premium
18h: Bahia x Internacional, com atletas da final de 1988
19h30: Bahia x Vitória da Conquista, pelo Campeonato Baiano

Reportagem de Ivan Dias Marques – Correio*

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: