Palácio da Aclamação promove apresentações de música erudita

Aproximar o público da música erudita e democratizar este estilo musical, usualmente tratado como um bem cultural pouco acessível. Com este objetivo, a partir da próxima sexta-feira, 25 de maio, às 18h, o Palácio da Aclamação e a Arena Companhia das Artes promovem o projeto Música no Palácio. Mais duas apresentações serão realizadas no espaço administrado pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (DIMUS/IPAC) nos dias 15 de junho e 27 de julho, sempre às 18 horas. A entrada é gratuita.
O primeiro concerto operístico, intitulado “Dramma per Musica”, traz árias, duetos, trios e trechos corais de óperas famosas, a exemplo de A Flauta Mágica e Don Giovanni, de Mozart, Xerxes, de G. F. Händel, e Dido e Enéias, de Henry Purcell. No dia 15 de junho, a Arena Companhia das Artes apresenta composições para solo e peças corais sobre o tema mariano no concerto “Ave Maria”. Por fim, em 27 de julho, o grupo brinda o público “Cantando o Brasil” em solos e peças em conjunto da música de concerto brasileira.
A Arena Companhia das Artes é composta pelos cantores Verônica Santos (soprano), Vanda Otero (mezzo soprano), Carlos Eduardo (tenor), Ramon Sena (baixo), Antônia Bahia (soprano), Eduardo Ferreira (tenor) e Francisco Meira (baixo). O conjunto já se apresentou no Espaço Cultural da Barroquinha, em abril deste ano, com a primeira execução da Cantata 106 de J. S. Bach em Salvador, e na Paróquia de Nossa Senhora do Ó, em Paripe, como parte de um projeto de popularização e democratização da música erudita. Também realizou apresentações na Assembleia Legislativa da Bahia, Teatro Espírita Leopoldo Machado e Instituto Feminino da Bahia. Os concertos no Palácio contarão com a presença da pianista Elisama Gonçalves (UFBA).
Palácio da Aclamação – O Palácio da Aclamação é um dos mais significativos museus casas de Salvador. Transformado em residência oficial dos governadores da Bahia em 1912, o solar oitocentista passou por obras de ampliação projetadas pelo arquiteto italiano Filinto Santoro e foi ocupado oficialmente pelos gestores do Estado entre 1917 e 1967. Desde então, o espaço já sediou despachos do governador, abrigou visitantes ilustres, a exemplo da rainha da Inglaterra, Elizabeth II, em 1968, e se tornou museu em 1991. Atualmente, o museu passa por reformas e está fechado para visitação. Em suas dependências, são promovidos lançamentos literários, apresentações musicais, atividades socioeducativas, feiras e exposições temporárias.
Serviço:
O que: Projeto Música no Palácio.
Quando: 25 de maio, 15 de junho e 27 de julho, às 18h.
Onde: Palácio da Aclamação – Av. Sete de setembro, 1330, Campo Grande. Tel: 3117-6147.
Entrada gratuita
Fonte: Tribuna da Bahia
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: