Cine XIV: mostra gratuita de cinema baiano

O Cine XIV, no Pelourinho, vem se consolidando cada vez mais como um importante espaço cultural da cidade, com iniciativas importantes que superam a mera exibição de filmes – atuação sistemática visando à formação de platéia (e de cidadãos). Em parceria com o Banco do Nordeste, o Cine XIV promove, entre os dias 18 e 24 deste mês uma programação intitulada ‘Mostras Cinema Baiano’, com exibição de 5 longas-metragens e 3 curtas infantis. O  que é melhor: de graça!

Um dos filmes da programação é o lendário ‘Meteorango Kid, Herói Intergalático’ (1969), do diretor André Luiz Oliveira, muito comentado, mas pouco exibido. Uma oportunidade rara. O filme, inclusive, é citado por Caetano Veloso na canção Cinema Novo, de 1994. Além deste, todos os outros filmes foram produzidos na Bahia a partir do ano 2000. As sessões são diárias, sempre às 16h, e gratuitas.

A programação é a seguinte:

18/2 – Profissão Palhaço
19/2 – 4 curtas infantis
20/2 – Batatinha, o poeta do samba
21/2 – Bombadeira
22/2 – 4 curtas infantis
23/2 – Álbum de Família
24/2 – Meteorango Kid

Conheça um pouco os curtas, médias e longas que serão apresentados:
 
Mostra infantil:

Miúda e o Guarda Chuva – Amadeu Alban e Jorge Alencar – 11min – 2010
Miúda alimenta sua planta carnívora com formigas. Estas arquitetam um plano secreto cheio de fatos extraordinários, guarda-chuvas e muita poesia. Em uma atmosfera minimalista, que oscila entre melancolia e humor, a animação escolhe a ambiguidade para falar sobre temas como afeto, solidão e transformação.

Camila e o Espelho – Amadeu Alban – 15 min – 2010
Algo está causando uma reviravolta na vida de Camila. Ela se deu conta de que não é mais aquela menininha que adorava brincar de boneca. Algumas coisas diferentes estão acontecendo com o seu corpo e mexendo com sua cabeça. Por isso fica tantas horas diante do espelho tentando entender o que passa, já que ninguém a explica nem compreende. Nem a mãe, nem as amigas e muito menos os meninos. Ah, os meninos!

Doido Lelé – Ceci Alves – 17 min – 2009
Caetano sonha em ser cantor de rádio na década de 50 e foge todas as noites de casa para tentar, sem sucesso, a sorte no programa de calouros. Até que, uma noite, ele aposta tudo numa louca e definitiva performance.

Carreto – Marília Hughes e Cláudio Marques – 12 min – 2009
Tinho conhece Stéphanie. Uma amizade se inicia.
Filme vencedor do Prêmio de Melhor Curta em 35mm no Festival de Gramado 2010 (dividido com Haruo Ohara, de Rodrigo Grota).

Mostra longas e médias:

Batatinha, Poeta do Samba – Marcelo Rabelo – 62 min – 2008
Um dos mais importantes sambistas do Brasil, o baiano Batatinha (1924-1997), é visto neste documentário pela perspectiva de seus nove filhos. São eles que, em busca da história, resgatam um painel de músicas, família e amigos deste grande compositor.

Bombadeira – Luis Carlos Alencar – 75 min – 2007
Um documentário que mergulha no universo dos travestis e desvenda uma realidade pouco conhecida, longe da glamourização e dos estereótipos: “a dor da beleza” é revelada através da figura da bombadeira, profissional conhecida no meio por mudar as formas de suas “pacientes” através de implantes clandestinos de silicone industrial – por vezes, o único ou o mais acessível modo de se conseguir o corpo idealizado. E as travestis, quem são? Como vivem? O que desejam? Relatos destes cotidianos, suas relações familiares e conjugais, afazeres domésticos, a discriminação e forte religiosidade, além de anseios e sonhos em busca do tão desejado corpo feminino.

Profissão Palhaço – Paula Gomes – 52 min – 2009
Após uma temporada na capital, um homem, um velho e um garoto regressam ao picadeiro de um pequeno circo itinerante. Esse retorno acaba despertando uma série de sentimentos, expectativas e transformações, que refletem o tênue limite entre o drama e a comédia na vida desses palhaços.

Álbum de Família – Wallace Nogueira – 52 min – 2009
Após vários anos distante de seu pai, depois de sua família ser diluída, o diretor do filme parte em uma jornada pelo interior da Bahia, junto de seu pai, em busca de um álbum de fotos de família perdido em uma antiga fazenda. A bordo de um carro pela Chapada Diamantina, pai e filho aproximam-se de suas memórias e do sentido de um para o outro.

Meteorango Kid, Herói Intergalático – André Luiz Oliveira – 80 min – 1969
O filme narra, de maneira anárquica e irreverente, as aventuras de Lula, um estudante universitário, no dia do seu aniversário. De forma absolutamente despojada, mostra, sem rodeios, o perfil de um jovem desesperado, representante de uma geração oprimida pela ditadura militar e pela moral retrógrada de uma sociedade passiva e hipócrita. O anti-herói intergalático atravessa esse labirinto cotidiano das suas fantasias e delírios libertários, deixando atrás de si um rastro de inconformismo e um convite à rebelião em todos os níveis.

Fonte: James Martins (Bahia Notícias)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: