Alquimia do Barro e das Formas

Exposição reúne no Museu da Cerâmica Udo Knoff os artistas ceramistas, Ramiro Bernabó (filho de Carybé), Ediane do Monte e Naco Salles. Para as antigas religiões, o barro é a origem do corpo humano. Deste contexto surge a etimologia do nome “Adão”, do hebraico אדם, relacionado à adamá, que quer dizer “solo vermelho”. Tal percepção de criação, que mistura a transformação de elementos naturais e a ascendência das formas, motivou o encontro de três amigos na exposição Alquimia do Barro e das Formas, no Museu da Cerâmica Udo Knoff (Pelourinho). Donos de uma longa e irreverente trajetória artística, Ramiro Bernabó (filho do artista plástico Carybé), Ediane do Monte e Naco Salles apresentam na montagem algumas de suas inúmeras obras: todas sustentadas na idéia de uma arte livre e na relação quase ritualística com a argila. Promovida pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Dimus – IPAC), a mostra tem abertura no dia 8 de julho e permanece em cartaz até o dia 6 de setembro.

O quê: Alquimia do Barro e das Formas
Quando: Abertura, dia 08/07, às 19h – Visitação, até 06/06
Onde: Museu de Cerâmica Udo Knoff – Visitação de terça a sexta, das 10h às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 13h às 17h.
Quanto: Entrada Franca
Realização: DIMUS – IPAC

Para saber mais informações sobre os artistas e o Museu, acessem o site:

Salvador Update

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: