50 anos da Taça Brasil

No dia do aniversário da cidade de Salvador, o Bahia e sua torcida comemoram o que para muitos foi o maior feito do futebol do Norte-Nordeste do Brasil.

Há exatamente 50 anos atrás, o Bahia consolidou a fama de Esquadrão de Aço e conquistou a 1ª Taça Brasil, vencendo na final o poderoso Santos de Pelé, Coutinho, Pépe e outros grandes craques brasileiros e tornando-se o1º clube do País a disputar a Taça Libertadores das Américas.

A Campanha:

  • Bahia 5 x 0 CSA
  • Bahia 2 x 0 CSA
  • Bahia 0 x 0 Ceará
  • Bahia 2 x 2 Ceará
  • Bahia 2 x 1 Ceará
  • Bahia 3 x 2 Sport
  • Bahia 0 x 6 Sport
  • Bahia 2 x 0 Sport
  • Bahia 1 x 0 Vasco
  • Bahia 1 x 2 Vasco
  • Bahia 1 x 0 Vasco

Final:

  • Bahia 3 x 2 Santos
  • Bahia 0 x 2 Santos
  • Bahia 3 x 1 Santos

Outras informações sobre esse feito histórico pode ser visto através do site:

Especial Taça Brasil de 1959

Anúncios

461 da Fundação de Salvador

Parabéns para Salvador pelos 461 anos de Fundação.

Ao contrário de outras cidades brasileiras, não há feriado comemorativo no dia da cidade de Salvador. Os 3 maiores jornais da Bahia fizeram reportagens especiais sobre a importante data.

Tribuna da Bahia        A Tarde      Correio*

Seminário sobre a história da urbanização de Salvador

(Clique na imagem para ampliar)

Arquivo Histórico de Porto Alegre

Mensagem de divulgação enviada pelo Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho:

“Assim como o Governador da antiga Província de São Pedro e um dos responsáveis pela fundação de Porto Alegre – José Marcelino de Figueiredo – fez-se apresentar por carta aos integrantes da Câmara, 241 anos depois, o Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho (AHPAMV) apresenta seu blog.

Aqui você encontrará informações sobre nosso acervo, nossos serviços, a produção dos pesquisadores que visitam o arquivo, nosso Programa de Educação Patrimonial, bem como atividades de outras instituições afins.

O lançamento do blog e do novo Guia do Acervo do AHPAMV fazem parte das comemorações do 238 anos de Porto Alegre, que ocorrem de 22 a 28 de março.”

Para ter acesso ao site do Arquivo Histórico da bela Porto Alegre, basta acessar o link: 

AHPAMV

O Bahia na Stock Car

Patrick Gonçalves vai representar o Bahia na Stock Car

Piloto baiano irá conduzir carro tricolor nas pistas do país, inclusive em prova de Salvador.

Sábado (13), o Bahia anunciava em seu site oficial a contratação de um campeão brasileiro de 2009, que tinha como característica a velocidade e vestiria a camisa 21. Bem, não era um jogador do Flamengo e nem um patrocinador, como especulou-se.

Na tarde desta segunda-feira (15), o clube apresenta o piloto Patrick Gonçalves, que vai conduzir um carro tricolor na categoria Mini Challenge, da Stock Car.

O carro, o macacão e o capacete de Gonçalves levarão as cores do Bahia (azul, vermelho e branco), além de ter o escudo do Tricolor. O piloto é baiano e tem 33 anos.

O torcedor do estado terá a oportunidade de ver Patrick Gonçalves com o carro tricolor no dia 15 de agosto, quando a Stock Car desembarca em Salvador e, pelo segundo ano seguido, realiza a prova de rua no Centro Administrativo da Bahia.

Depois que a jogada de marketingo do clube foi descoberta, o piloto, em sua página no Twitter, confirmou a informação e conclamou: “Vamos acelerar Bahêa!”.

Fonte: IBahia.

Tributo ao Motörhead

Luiz Caldas – Domingo no TCA

Música erudita, rock, forró, samba e axé. Estes são alguns dos ingredientes do caldeirão musical que marca a trajetória do cantor e compositor Luiz Caldas e que farão parte do show que o artista baiano está preparando para a Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA) no dia 7 de março, integrando o projeto Domingo no TCA, que, desde 2007, apresenta artistas de renome ao preço popular de R$ 1 (inteira).

Intitulado “Toda Música de Luiz Caldas”, o show terá três momentos distintos. No primeiro ato, Luiz Caldas tocará piano e violão e executará músicas instrumentais. No segundo ato, entra em cena o Luiz Caldas roqueiro que tem a guitarra como extensão do próprio corpo. Nessa parte do espetáculo, o artista mostrará as obras recentes de rock da caixa de 130 canções inéditas. É o momento em que o rock volta a pulsar em Luiz, como nos tempos das bandas de baile.

No terceiro e último ato, o show convergirá para um Luiz Caldas multi-instrumentista que fica amparado por um leque de possibilidades musicais sem fronteiras e sem preconceitos. É o momento em que transitará pelo universo da Axé Music, do forró, da MPB, do samba, do frevo trieletrizado, do experimentalismo em tupi, do tema rural, do superpopular e do que remeta à música. O repertório mostrará também uma canção do CD Melosofia, disco em que homenageia dez filósofos.

Mais sobre Luiz Caldas no site http://www.luizcaldas.com.br/

%d blogueiros gostam disto: