Mostra de Documentários

Mostra de Documentários 
Vida e Obra de Compositores Alemães

Introdução: Paulo Rios Filho

Data: 25.11.2009 – Biblioteca do Goethe-Institut 
Filme: Carmina Burana
Duração:
63 minutos
Realização: Jean-Pierre Ponelle
Direção: Kurt Eichhorn
Intérpretes: Lucia Popp, John van Kesteren, Hermann Prey, Coro da Rádio da Baviera e Coro Infantil Bad Tölz , Orquestra da Rádio de Munique.   Ano: 1975.

Carmina Burana:  Carmina Burana é uma antologia de mais de 250 cantigas criadas no século 11 e 12 em latim e, mais raramente, em dialetos alemães ou franceses. Trata-se da mais conhecida coleção de cantigas profanas desse tipo e também, de modo geral, de uma das mais importantes dessas coleções a serem transmitidas. A antologia foi descoberta na ocasião da secularização do convento Benediktbeuren, na Alta Baviera, em 1803.  No entanto, não se conhece com certeza o lugar da sua criação, nem a identidade da maioria dos seus autores. Enquanto os primeiros pesquisadores presumiram a antologia ter sido escrita no convento em que foi descoberta, afirma-se hoje a criação num lugar no sul da região do dialeto bávaro. As cantigas cobrem uma grande variedade de assuntos: a sociedade, a alegria da primavera, o amor e a dura sorte dos seres humanos, mas também a festa, o álcool, os jogos e a sexualidade.

Interpretação de Carl Orff:   A versão musical da Carmina Burana que Carl Orff criou nos anos 1930 viria a fazer parte das mais populares composições de música clássica de atmosfera séria do século 20. O que Orff compôs era uma música completamente nova. Hoje, as pesquisas tentando reconstruir as melodias medievais originais já resultaram em vários novos conhecimentos sobre essa música. Mas na época de Orff, esse tipo de música era menos conhecido, ainda que ele fizesse esforços para manter uma certa proximidade das características conhecidas nessa época. A mais conhecida dessas composições é “O Fortuna”, cujo assunto é a parábola antiga da roda da fortuna – uma roda girando sem fim, trazendo mudança constante e instabilidade à sorte dos homens.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: